25/07/2024
04:11

Reunião do Copom define nesta quarta-feira (19) nova taxa Selic; mercado espera manutenção

WhatsApp
Facebook
X
Reunião do Copom define nesta quarta-feira (19) nova taxa Selic; mercado espera manutenção

O Comitê de Política Monetária (Copom) começou, nessa terça-feira (18), a reunião para definir qual será a nova taxa Selic de juros. Salvo mudanças de última hora, o valor de 10,5% ao ano será mantido. A promessa é de que o resultado seja divulgado hoje (19) às 18h30.

O resultado é esperado com muita ansiedade pelo mercado financeiro. Para Mauro Rochlin, economista e professor da Fundação Getúlio Vargas, se houver mudanças na taxa, será uma surpresa. “Eu acho que vai ficar como o mercado está planejando, que é essa manutenção. Toda a tensão do episódio se refere ao placar que vai ser cravado na definição da Selic”, explica o professor.

Na última reunião, realizada em 8 de maio, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e outros quatro membros do comitê votaram pela redução mais moderada, enquanto outros quatro votaram pela redução de 0,5 p.p., desejada pelo governo federal e por setores econômicos, como Indústria e Serviços. Já outros setores, como o produtor, não desejavam um corte na taxa.

“Se vai ser 5 a 4 ou com alguma discórdia de um dos lados. Da última vez quem desempatou foi o presidente Campos Neto, determinando a redução. A expectativa do mercado é saber se os 4 diretores indicados pelo Lula vão voltar em que aqueles que votaram pela redução da taxa, acho que vão voltar na manutenção”, diz Rochlin.

Outro fator que poderia influenciar na decisão do Copom é a política de gastos públicos do Governo Lula. “O mercado passou a ver com maus olhos a política de gastos do governo. Ele havia proposto gastar muito mais, do que o governo anterior gastou. Ele se propôs a experimentar um salto nos gastos, mas, ao mesmo tempo, propôs uma regra e disciplina fiscal. Ele estabeleceu metas e regras e não está cumprindo, quer mudar o arcabouço fiscal estabelecido. Isso não foi bem visto pelo mercado, que optou por cobrar juros maiores. O mercado está apenas reagindo ao comportamento do governo”, explica o professor.

Entenda a taxa Selic

A taxa Selic é considerada a taxa básica de juros da economia brasileira e desempenha um papel fundamental em diversos aspectos econômicos do país, como na política monetária, , custo do crédito, dívida pública e até as expectativas do mercado.
A Selic também é utilizada para controlar a inflação do país. Atualmente, a inflação está em 3,93%, dentro do limite estipulado pelo Banco Central.

Além disso, os títulos públicos também são influenciados pela Selic. Eles são um dos principais investimentos procurados pela moeda estrangeira. “A pessoa tem que entender que a taxa de juros discutida é a taxa básica da economia. Ela remunera os títulos públicos, que são considerados os que oferecem a maior segurança possível para o aplicador. Nenhum outro oferece tanta segurança assim. Quando o governo vencer um título público, sendo um devedor, ele está informando ao mercado o piso, porque ele é o devedor mais sólido”, diz o professor.

 

Confira a matéria completa em: zug.net.br

--:--
--:--
  • cover
    Rádio Galáxia 99,5 FM
  • cover
    Rádio Itatiaia 102.3 FM
  • cover
    Rádio 94 FM
  • cover
    Rádio Grande Vale 93.1 FM
  • cover
    Rádio Líder 95.3 FM
  • cover
    Rádio Vanguarda 1170 AM 91.3 FM
  • cover
    Rádio Educadora 1010 AM
  • cover
    Rádio Educadora 107.1 FM
  • cover
    Rádio Tropical Vale 96.1 FM
  • cover
    Rádio Vox 97.1 FM
  • cover
    Rádio Jovem Pan Vale do Aço 103.5 FM
  • cover
    Rádio 98,1 FM
  • cover
    Rádio Nova 98,7 FM