25/07/2024
06:27

Cruzeiro: relatório aponta ‘boa gestão de capital’, mas sem redução de dívida

WhatsApp
Facebook
X
Cruzeiro: relatório aponta ‘boa gestão de capital’, mas sem redução de dívida

Cruzeiro: relatório aponta ‘boa gestão de capital’, mas sem redução de dívida (Bandeirinha do Cruzeiro no Mineirão)

O Cruzeiro teve “boa gestão de capital de giro”, porém não conseguiu reduzir sua dívida de 2022 para 2023. É o que aponta o Relatório Convocados 2024, da Galapagos Capital, que analisou as finanças dos 20 clubes da Série A do ano passado.

O clube celeste ganhou a classificação D, em uma escala entre A e E, pelo resultado financeiro de 2023. De acordo com o estudo, a dívida do clube subiu de R$ 800 milhões para R$ 811 milhões, ante uma receita líquida de R$ 225 milhões.

A análise da Galapagos enalteceu o crescimento de receitas comerciais, de R$ 45 milhões para R$ 60,4 milhões, mas fez ressalva em relação à queda de arrecadação com sócio-torcedor e bilheteria, de R$ 65,2 milhões para R$ 59,6 milhões.

A Raposa deu um salto esperado em ganhos com direitos de transmissão, de R$ 30 milhões para R$ 101,7 milhões, por ter retornado à elite do Campeonato Brasileiro.

Geração positiva de caixa

Em 2023, o Cruzeiro teve geração positiva de caixa graças a duas movimentações: injeção de capital do empresário Pedro Lourenço e recursos provenientes da venda de 20% da participação dos clubes na Liga Forte União.

  • Pedro Lourenço: R$ 70 milhões
  • Liga Forte União: R$ 96,397 milhões

Os recursos da venda dos 20% da LFU foram fundamentais para fechar o caixa e ainda deixar recursos para o início de 2024.

Relatório Convocados 2024

Dívida

No ranking do Relatório Convocados 2024, o Cruzeiro aparece com a quinta maior dívida entre os clubes do Brasil, abaixo de Corinthians, Botafogo, Atlético e São Paulo.

  1. Corinthians: R$ 1,894 bilhão
  2. Botafogo: R$ 1,301 bilhão
  3. Atlético: R$ 998 milhões
  4. São Paulo: R$ 856 milhões
  5. Cruzeiro: R$ 811 milhões
  6. Fluminense: R$ 736 milhões
  7. Bragantino: R$ 696 milhões
  8. Vasco: R$ 696 milhões
  9. Internacional: R$ 650 milhões
  10. Santos: R$ 548 milhões
  11. Athletico-PR: R$ 492 milhões
  12. Palmeiras: R$ 466 milhões
  13. Grêmio: R$ 441 milhões
  14. Flamengo: R$ 391 milhões
  15. Bahia: R$ 366 milhões
  16. Coritiba: R$ 272 milhões
  17. América: R$ 109 milhões
  18. Fortaleza: R$ 67 milhões
  19. Goiás: R$ 47 milhões
  20. Cuiabá: R$ 4 milhões

Clique aqui e tenha acesso ao relatório completo da Galapagos Capital

De Ronaldo para Pedro Lourenço

A SAF do Cruzeiro tem Pedro Lourenço, dono dos Supermercados BH, como principal acionista. O empresário comprou a participação do ex-jogador Ronaldo Nazário no fim de abril por R$ 500 milhões, segundo apurou No Ataque.

Com o capital aportado por Lourenço, o Cruzeiro qualificará o elenco para a segunda metade de 2024. O clube já contratou o goleiro Cássio (Corinthians), o zagueiro Jonathan Jesus (Ceará), o volante Fabrizio Peralta (Cerro Porteño) e os atacantes Lautaro Díaz (Independiente del Valle) e Kaio Jorge (Juventus).

A reportagem soube que Pedrinho deve investir R$ 200 milhões em um primeiro momento. Posteriormente, a ideia é que o próprio Cruzeiro impulsione suas receitas próprias com bilheteria, premiação e vendas de direitos econômicos de jogadores.

O Grupo Supermercados BH, de Pedro Lourenço, fechou 2023 com faturamento de mais de R$ 17 bilhões, ocupando o quinto lugar no ranking de varejo no Brasil.

Cruzeiro em 2024

Depois de um início decepcionante de temporada, em que perdeu a final do Campeonato Minero para o Atlético e caiu diante do Sousa-PB na primeira fase da Copa do Brasil, o time celeste vai bem no Brasileirão e na Sul-Americana.

Na Série A, a equipe treinada por Fernando Seabra tem quatro vitórias, dois empates e duas derrotas, com 14 pontos e na oitava colocação. Na Sula, avançou diretamente às oitavas de final ao liderar o Grupo B, com 12 pontos.

A notícia Cruzeiro: relatório aponta ‘boa gestão de capital’, mas sem redução de dívida foi publicada primeiro no No Ataque por Rafael Arruda.

Confira a matéria completa em: noataque.com.br

--:--
--:--
  • cover
    Rádio Galáxia 99,5 FM
  • cover
    Rádio Itatiaia 102.3 FM
  • cover
    Rádio 94 FM
  • cover
    Rádio Grande Vale 93.1 FM
  • cover
    Rádio Líder 95.3 FM
  • cover
    Rádio Vanguarda 1170 AM 91.3 FM
  • cover
    Rádio Educadora 1010 AM
  • cover
    Rádio Educadora 107.1 FM
  • cover
    Rádio Tropical Vale 96.1 FM
  • cover
    Rádio Vox 97.1 FM
  • cover
    Rádio Jovem Pan Vale do Aço 103.5 FM
  • cover
    Rádio 98,1 FM
  • cover
    Rádio Nova 98,7 FM