25/07/2024
03:21

Cauan completa seis meses no América com evolução e briga pelo retorno à Série A < No Ataque

WhatsApp
Facebook
X
Cauan de Almeida, técnico do América (foto: Ramon Lisboa/EM D.A Press)

Há seis meses, o América oficializava a contratação do técnico Cauan de Almeida, principal ‘aposta’ para a temporada 2024. No primeiro trabalho à frente de uma equipe principal, o comandante mostra que, apesar de ‘novato’, tem sede de conquistas e foco nos objetivos. À frente do Coelho, demonstrou evolução e constância no desempenho dentro das quatro linhas.

Apesar do revés para o Coritiba por 1 a 0, nessa quarta-feira (19/6), o América vive boa fase e lidera a Série B do Campeonato Brasileiro. As metas estão alinhadas e seguindo no caminho tão esperado pela diretoria e pelos jogadores. Mesmo que a competição ainda esteja no começo, os bons resultados trazem confiança para a sequência. O foco é o acesso à Série A.

A temporada começou com bom presságio. O Coelho foi até a semifinal do Campeonato Mineiro, depois de uma fase de grupos quase irretocável – foi o único invicto. Na sequência, um banho de água fria para o início de Cauan: a eliminação precoce para o Maringá na primeira fase da Copa do Brasil.

Contudo, a queda foi superada. Em um mês com calendário parado, a equipe teve tempo para retomar a confiança e alinhar os erros e acertos para a estreia na Série B. Até aqui, são seis vitórias, três empates e duas derrotas na Segunda Divisão.

Mas o que fez com o América mudasse em seis meses? Nos bastidores, uma semelhança na resposta dos jogadores sempre que são perguntados sobre a evolução desde o rebaixamento melancólico em 2023: a mudança de mentalidade.

Além disso, as ideias de Cauan foram rapidamente aceitas e implantadas. A escolha pelo treinador foi baseada pelo estilo de jogo. Intensidade e controle são os pilares do comportamento alviverde em campo.

Respaldo da diretoria

Marcus Salum, presidente da SAF do América, rasgou elogios ao trabalho de Cauan até aqui. Para o dirigente, o desempenho atendeu às expectativas da diretoria, que dá respaldo para que o treinador continue no comando.

Cauan esteve no América de 2017 a 2021, quando atuou como auxiliar técnico do sub-17 e do profissional. Antes de retornar a Belo Horizonte, ele passou por Vasco, Internacional e Corinthians.

“Como voltamos para a Série B, que exige um jogo de mais posse, o estilo do Cauan fortalece muito isso. O América tem o domínio da bola, o domínio do jogo. Nós temos alguns problemas para serem resolvidos, mas o potencial do Cauan, nós conhecemos. Tudo o que aconteceu é porque o Cauan queria alçar um voo maior e ele ganhou certa experiência. E nós achamos que esse era o melhor momento para dar essa oportunidade. O desempenho está muito dentro do que eu esperava, trabalho sério, organizado, com comando”, falou Salum ao No Ataque.

‘Família’ no América

O ambiente nos bastidores do América também é muito elogiado nas entrevistas dos jogadores. O técnico fez questão de falar da sinergia. Para ele, o bom convívio é um equilíbrio e uma chave para a conquista dos bons resultados. Depois de espantar o clima pesado do rebaixamento, Cauan tem em mãos um elenco que foi escolhido e preparado para os desafios de 2024.

“Se as pessoas aqui dentro se sentirem queridas, se sentirem com um carinho enorme como a gente tem com todo mundo, se sentirem valorizadas, se sentirem com um sentimento mesmo, um pertencimento, a gente vai obviamente crescer o clube de uma forma muito madura, de uma forma muito mais estruturada e isso fica muito claro no nosso dia a dia”.

Cauan de Almeida

O bom momento também mantém a confiança e a união do grupo. A retomada deste comportamento ganha respaldo da torcida, que abraçou as ideias de Cauan. Para os americanos, o comandante tem crédito no trabalho até então desempenhado.

Cauan ressaltou o comprometimento nos diversos setores do América – diretoria, funcionários e até jogadores. As vitórias em campo são comemoradas graças ao ambiente saudável construído para além dos envolvidos diretamente nos resultados em campo.

“O nosso dia a dia é um ambiente muito saudável, muito alegre, é um ambiente que a gente entende o resultado, a gente sabe das nossas responsabilidades, mas nós entendemos enquanto comissão, enquanto direção, enquanto grupo de jogadores, que quanto mais um ambiente de sinergia, de energia a gente tiver aqui, vai ser melhor para nós”, finalizou o treinador à CoelhoTV.

Números de Cauan de Almeida

  • 22 jogos
  • 12 vitórias
  • 6 empates
  • 4 derrotas
  • 36 gols marcados
  • 17 gols sofridos
  • Aproveitamento de 63% (total)

Confira a matéria completa em: noataque.com.br

--:--
--:--
  • cover
    Rádio Galáxia 99,5 FM
  • cover
    Rádio Itatiaia 102.3 FM
  • cover
    Rádio 94 FM
  • cover
    Rádio Grande Vale 93.1 FM
  • cover
    Rádio Líder 95.3 FM
  • cover
    Rádio Vanguarda 1170 AM 91.3 FM
  • cover
    Rádio Educadora 1010 AM
  • cover
    Rádio Educadora 107.1 FM
  • cover
    Rádio Tropical Vale 96.1 FM
  • cover
    Rádio Vox 97.1 FM
  • cover
    Rádio Jovem Pan Vale do Aço 103.5 FM
  • cover
    Rádio 98,1 FM
  • cover
    Rádio Nova 98,7 FM