25/07/2024
02:58

Atlético repete sequência negativa que não ocorria desde 2011 < No Ataque

WhatsApp
Facebook
X
Jogadores do Atlético lamentam gol do Palmeiras (foto: Ramon Lisboa/EM/DA.Press)

Após ótimo início, o técnico Gabriel Milito vive momento desafiador no Atlético. Nessa quinta-feira (20/6), o alvinegro perdeu para o Vitória, no Barradão, por 4 a 2, pela 10ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Este foi o segundo jogo consecutivo em que a equipe sofreu quatro gols – na rodada anterior, havia perdido para o Palmeiras, na Arena MRV, por 4 a 0.

O Atlético não sofria quatro gols em partidas seguidas desde junho de 2011. Naquele ano, o Galo foi derrotado por 4 a 1 pelo Flamengo, no Engenhão, pela sexta rodada do Brasileirão, e, no jogo seguinte, contra o Internacional, na Arena do Jacaré, foi goleado por 4 a 0.

Momento ruim do Atlético

A partir da estreia de Gabriel Milito, em 30 de março, no empate por 2 a 2 com o Cruzeiro, na Arena MRV, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro, o Atlético sustentou uma invencibilidade que durou 12 jogos. A sequência foi quebrada na derrota por 2 a 0 para o Peñarol, pela quinta rodada do Grupo G da Copa Libertadores.

Desde então, o time alvinegro disputou seis partidas: foram duas vitórias, um empate e três derrotas. A oscilação também pode ser explicada pelo grande número de desfalques com o qual o clube tem sofrido.

No jogo contra o Vitória, por exemplo, Gabriel Milito teve de escalar a equipe sem as presença de sete jogadores: o lateral-esquerdo/meio-campista Rubens (lesionado), o lateral-esquerdo Guilherme Arana (convocado pela Seleção Brasileira para a Copa América), os volantes Alan Franco (convocado pelo Equador para a Copa América) e Otávio (lesionado), e os atacantes Eduardo Vargas (convocado pelo Chile para a Copa América), Paulinho (suspenso) e Hulk (suspenso).

Na partida anterior, contra o Palmeiras, o número foi ainda maior: nove desfalques. O goleiro Everson, o zagueiro Mauricio Lemos e o volante Rodrigo Battaglia estavam suspensos. Entraram na conta também os atletas que estão com suas respectivas seleções.

Sequências de derrotas do Atlético sofrendo quatro gols

2011

  • 25/6/2011 – Flamengo 4 x 1 Atlético – Engenhão, no Rio de Janeiro (6ª rodada)
  • 30/6/2011 – Atlético 0 x 4 Internacional – Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (7ª rodada)

2024

  • 17/6/2024 – Atlético 0 x 4 Palmeiras – Arena MRV, em Belo Horizonte (9ª rodada)
  • 20/6/2024 – Vitória 4 x 2 Atlético – Barradão, em Salvador (10ª rodada)
Matheusinho, Willian Oliveira (2) e Culebra marcaram os gols do Vitória contra o Atlético - (foto: Pedro Souza/Atlético)
Matheusinho, Willian Oliveira (2) e Culebra marcaram os gols do Vitória contra o Atlético(foto: Pedro Souza/Atlético)

Pior derrota em nove anos

Além de abrir a sequência negativa, a derrota para o Palmeiras, pela nona rodada, foi a pior do Atlético em nove anos. Antes desse jogo, a última vez que o Galo havia perdido por quatro gols de diferença tinha sido em 2015, no revés por 4 a 0 para o Santos.

Na oportunidade, Gabigol (duas vezes), Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel marcaram os gols do Peixe na Vila Belmiro, em Santos, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Próximo jogo do Atlético

Com a derrota para o Vitória, o Atlético caiu para a décima posição do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos. O time mineiro tem a chance de se reabilitar no domingo (23/6), a partir das 18h30, contra o Fortaleza, na Arena MRV, em duelo válido pela 11ª rodada.

Confira a matéria completa em: noataque.com.br

--:--
--:--
  • cover
    Rádio Galáxia 99,5 FM
  • cover
    Rádio Itatiaia 102.3 FM
  • cover
    Rádio 94 FM
  • cover
    Rádio Grande Vale 93.1 FM
  • cover
    Rádio Líder 95.3 FM
  • cover
    Rádio Vanguarda 1170 AM 91.3 FM
  • cover
    Rádio Educadora 1010 AM
  • cover
    Rádio Educadora 107.1 FM
  • cover
    Rádio Tropical Vale 96.1 FM
  • cover
    Rádio Vox 97.1 FM
  • cover
    Rádio Jovem Pan Vale do Aço 103.5 FM
  • cover
    Rádio 98,1 FM
  • cover
    Rádio Nova 98,7 FM