25/07/2024
06:23

América perde para o Coritiba e tem liderança ameaçada na Série B < No Ataque

WhatsApp
Facebook
X
Coritiba e América em jogo pela Série B (foto: Mourão Panda/América)

Em noite pouco inspirada, o América perdeu para o Coritiba por 1 a 0, nesta quarta-feira (19/6), no Couto Pereira, pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o jogo travado durante boa parte do tempo, o Coelho sofreu com a lentidão e com a falta de criatividade. Do outro lado, o Coxa aproveitou e marcou com Ronier, no segundo tempo.

A derrota deixa o América ameaçado na liderança – equipe continua com 21 pontos. Avaí (segundo colocado) e Operário (terceiro colocado), também somam 21. Além disso, o Sport, caso vença o Ceará nesta quinta por dois ou mais gols de vantagem, tira a diferença no saldo e assume a ponta da tabela.

O Coxa, por sua vez, sobe para a sétima posição, com 18 pontos, e cola no G4 da competição.

No primeiro tempo, o América teve muita dificuldade para emplacar chances. A equipe errou nos passes do meio de campo e pouco criou. Com o jogo travado, manteve a posse de bola, mas não ameaçou os donos da casa.

Já na segunda etapa, um banho de água fria logo no início com o gol do Coritiba. Depois, os visitantes se apagaram e não fizeram o goleiro Morisco trabalhar – ao todo, o Coelho deu nove chutes, mas apenas um com o endereço certo. O Coxa se fechou completamente e controlou bem a partida para assegurar o resultado dentro de casa.

Próximos jogos

O América volta a campo para enfrentar o Coritiba, na terça-feira (25/6), às19h, no Independência, pela 12ª rodada da Série B.

Já o Coritiba vai encarar o Amazonas, também na terça, às 21h30, no estádio Carlos Zamith.

O jogo

O América levou susto logo no início. Após cobrança de falta de Matheus Frizzo, o zagueiro Bruno Melo subiu para cabecear e mandar para o fundo da rede. Contudo, depois de revisão do VAR, o gol foi anulado por impedimento. O Coelho não se abalou pelo ‘quase’ e deu resposta – mas Fabinho viu o goleiro Morisco defender.

A partida ficou equilibrada. Mesmo com maior posse de bola, o alviverde ainda sofreu com o contra-ataque do Coritiba – que teve mais tentativas (sete a cinco). As duas equipes se aproximaram do campo de ataque para tentar chegar com perigo.

O Coelho investiu na pressão na saída de bola e na troca de passes para criar jogadas. Contudo, teve dificuldade em dar continuidade – o último passe não chegava com qualidade, além das pontas não terem sido exploradas. Pelo meio, os visitantes encontraram um jogo travado, com ainda mais barreiras para fazer a infiltração.

Em confusão na área, Vini Paulista tentou aproveitar falta de atenção da defesa americana, que pecou na marcação, mas viu a bola sair pelo lado, quase raspando na trave. Além disso, fez o goleiro Dalberon suspirar em cobrança de falta, que teve desvio, mas acabou indo para fora. Do outro lado, o Coelho devolveu com Fabinho, que chegou bem novamente, mas parou na zaga, e com Renato Marques, que chutou rasteiro cruzado para fora.

Segundo tempo

O segundo tempo começou travado. Dos dois lados, as marcações acertadas impediram qualquer avanço ameaçador. Foi com construção desde o campo de defesa que o Coritiba se saiu melhor. Vini Paulista conduziu pelo meio e fez bela jogada individual, com direito a chapéu, até acionar Ronier, que achou Frizzo na ponta esquerda. Ele devolveu para Ronier, que entrou livre na pequena área para abrir o placar: 1 a 0.

Em seguida, o América deu bobeira na saída de bola. Frizzo recebeu na área, mas parou em Dalberson, que se esticou para defender. O Coelho continuou investindo na troca de passes, mas parecia desligado e longe de uma reação.

Após a saída de Benítez, o time perdeu habilidade na criação e encontrou dificuldade para lançar os jogadores seja pelo corredor ou pelo meio. Por sua vez, o Coxa soube administrar o placar – fechou na marcação e não deixou espaço para o alviverde mineiro explorar.

No fim, mesmo com a posse de bola, o América pecou. Com baixa intensidade, as mudanças não surtiram efeito. O comportamento foi o mesmo – apatia.

CORITIBA 1 X 0 AMÉRICA

Coritiba

Pedro Morisco; Natanael, Maurício Antônio, Bruno Melo e Rodrigo Gelado; Meurer (Lucas Ronier, no intervalo), Morelli e Matheus Frizzo; Vini Paulista (Matheus Bianqui aos 39 do 2T), Figueiredo (Jamerson aos 36 do 2T)e Leandro Damião (Brandão aos 12 do 2T). Técnico: Fábio Matias

América

Dalberson; Daniel Borges, Ricardo Silva, Éder, Marlon; Alê (Wallisson aos 35 do 2T), Juninho (Vitor Jacaré aos 28 do 2T), Moisés, Benítez (Adyson aos 44 do 1T); Fabinho (Felipe Azevedo aos 35 do 2T) e Renato Marques (Brenner aos 28 do 2T). Técnico: Cauan de Almeida

Gols: Ronier (aos 10 do 2T)
Cartões amarelos: Maurício Antônio (Coritiba), Benítez, Ricardo Silva, Éder, Jacaré (América)

Motivo: 11ª rodada da Série B
Local: Couto Pereira, em Curitiba
Data: quarta-feira, 19 de junho de 2024
Horário: 21h30

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP – FIFA)
Assistentes: Daniel Luís Marques (SP) e Luciane Rodrigues dos Santos (SC)
VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Confira a matéria completa em: noataque.com.br

--:--
--:--
  • cover
    Rádio Galáxia 99,5 FM
  • cover
    Rádio Itatiaia 102.3 FM
  • cover
    Rádio 94 FM
  • cover
    Rádio Grande Vale 93.1 FM
  • cover
    Rádio Líder 95.3 FM
  • cover
    Rádio Vanguarda 1170 AM 91.3 FM
  • cover
    Rádio Educadora 1010 AM
  • cover
    Rádio Educadora 107.1 FM
  • cover
    Rádio Tropical Vale 96.1 FM
  • cover
    Rádio Vox 97.1 FM
  • cover
    Rádio Jovem Pan Vale do Aço 103.5 FM
  • cover
    Rádio 98,1 FM
  • cover
    Rádio Nova 98,7 FM